FERIADO E PONTO FACULTATIVO: 15 E 16/11

Comunicado publicado, no Diário Ofical do Estado, dia 08 de novembro de 2018:

Por determinação do Governador, o ponto será facultativo nas repartições públicas estaduais no dia 16, sexta-feira, tendo em vista o feriado da Proclamação da República, no dia 15 de novembro de 2018, quinta-feira. 

Ficam ressalvados os serviços de natureza médico-hospitalar, de segurança pública, os das Unidades de Atendimento Integrado – UAI, no âmbito da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, os da Fundação TV Minas Cultural e Educativa e os dos Museus, considerados imprescindíveis a critério das autoridades competentes.

FERIADO E PONTO FACULTATIVO: 15 E 16/11

Comunicado publicado, no Diário Ofical do Estado, dia 08 de novembro de 2018:

Por determinação do Governador, o ponto será facultativo nas repartições públicas estaduais no dia 16, sexta-feira, tendo em vista o feriado da Proclamação da República, no dia 15 de novembro de 2018, quinta-feira. 

Ficam ressalvados os serviços de natureza médico-hospitalar, de segurança pública, os das Unidades de Atendimento Integrado – UAI, no âmbito da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, os da Fundação TV Minas Cultural e Educativa e os dos Museus, considerados imprescindíveis a critério das autoridades competentes.

Cuba deixa o programa Mais médicos após declarações de Bolsonaro https://t.co/7k3S2G9cNT https://t.co/P6asnmKMpD

Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou.

Jair Bolsonaro

Aprovado a punição para quem divulgar e compartilhar informações sobre blitz:

Aprovado a punição para quem divulgar e compartilhar informações sobre blitz:
detenção de um a dois anos mais multa. Saiba mais: https://t.co/WRMU22ST7J #Blitz #Trânsito

Candidato ganha recurso contra limite de idade em concurso da PM

Clique e leia

https://t.co/UQTvbqfMkn https://t.co/8ogyjI2kyw

Gabarito oficial do Enem 2018 já está disponível para consulta https://t.co/ArwYPEoe3r

https://t.co/ArwYPEoe3r

Onde tem Pcmg tem servição

Polícia apreende drogas avaliadas em R$ 300 mil no Bairro Vera Cruz
https://t.co/2pwvvKnnxK https://t.co/k6gYTHLKMx

Falou besteira e está apanhando na rede por causa disso. Aprenda, coronel: entre a vida de um cidadão e a de um bandido, mil vezes a vida do cidadão. ENCAROU A POLÍCIA, É PAU

Comandante da PMES critica proposta sobre abater criminosos com fuzis

Coronel Alexandre Ramalho afirmou que a medida, sugerida pelo governador eleito do Rio, Wilson Witzel (PSC), desrespeita os Direitos Humanos

Compartilhar:

FacebookTwitterLinkedInWhatsapp

Publicado em 13/11/2018 às 14h48

Atualizado em 13/11/2018 às 16h30

CBN Vitória (92,5 FM)

Caique Verli

cvsousa@redegazeta.com.br

Comandante geral da Polícia Militar coronel Alexandre Ramalho. Governo do Estado entrega novas viaturas para a Polícia Militar

Foto: Fred Loureiro| Secom

O comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo, coronel Alexandre Ramalho, fez duras críticas à proposta do governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de autorizar policiais a "abaterem" criminosos que estiverem portando fuzis, sem que haja nenhum tipo de responsabilização.

Durante uma cerimônia de formatura de um curso de aperfeiçoamento de oficiais, que ocorreu no Palácio Anchieta, na manhã desta terça-feira (13), Ramalho afirmou, em seu discurso, que a medida desrespeita os Direitos Humanos.

"Isso é muito sério e seria muito fácil se pudéssemos resolver assim. Mas isso não traz à luz do respeito dos Direitos Humanos. Temos que primar pela educação, por cursos profissionalizantes", opinou.

> Witzel quer usar snipers para abater criminosos com fuzis em favelas

O comandante da PM não citou o nome do governador eleito do Rio, mas falou da proposta e disse que as autoridades tinham que tomar cuidado com medidas populistas que foram anunciadas durante as eleições.

Na saída da cerimônia, a reportagem da CBN Vitória abordou o comandante da PM, que reforçou o posicionamento e disse que a proposta é ilegal. "A legislação não nos permite atuar dessa forma. Temos as excludentes de ilicitudes. As únicas que se avizinham da atuação policial lá na ponta é a legítima defesa, de outrem ou do próprio policial militar. Mas isso não nos dá o direito de identificar o sujeito com fuzil e abater. Nós entendemos que temos que ter propostas que valorizem os Direitos Humanos e avancem no campo da educação", destacou.

Na prática, Wilzon Witzel afirma que vai “autorizar policiais a abaterem criminosos” que estejam portando fuzis em qualquer circunstância, mesmo sem confronto. O plano de Witzel prevê, inclusive, o treinamento de atiradores de elite, a liberação de disparos de helicópteros e até o uso de drones capazes de atirar, medidas que causaram polêmica. A proposta, no entanto, recebeu várias críticas, entre elas do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que declarou que a iniciativa seria ilegal e que a ideia dependeria de uma mudança na lei federal.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva depõe hoje, em Curitiba, em processo da Lava Jato que apura reformas feitas em um sítio de Atibaia por empreiteiras como Odebrecht e OAS. https://t.co/io7TzdzHiA

‘Bandido com fuzil precisa ser considerado uma ameaça’, diz general

‘Bandido com fuzil precisa ser considerado uma ameaça’, diz general
https://t.co/UjABrZxi1z

46 concursos públicos selecionam para salários de até 24 mil reais

Os concursos públicos têm vagas por todo o país e para diversos profissionais, como oportunidades para engenheiros, arquitetos, advogados e médicos
14 nov 2018, 06h00
São Paulo – Para quem quer seguir carreirapública, veja os concursos públicos com inscrições abertas. As oportunidades profissionais estão espalhadas por todas as

Salário mínimo pode superar R$1.006 em 2019 se inflação vier mais alta que esperado, diz ministro

13/11/2018 18h24

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, afirmou nesta terça-feira que a variação da inflação pelo INPC pode ficar mais alta que a prevista pelo governo no projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019, o que abriria a porta para um salário mínimo maior que o de 1.006 reais originalmente estipulado para o ano que vem.

Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO), ele lembrou que cada 1 real de elevação no valor do salário mínimo implica necessidade adicional de 304 milhões de reais em gastos da União, aumentando a pressão sobre um Orçamento já apertado por crescentes gastos obrigatórios.

À exceção do INPC, o governo segue vendo os demais indicadores econômicos em linha com os traçados quando enviou o PLOA de 2019 ao Congresso, no fim de agosto, avaliou Colnago. Entram neste balaio a alta de 2,5 por cento para o PIB no ano que vem, uma Selic média de 7,17 por cento e uma taxa média de câmbio de 3,62 reais por dólar.

A regra atual estipula que o salário mínimo deve ser corrigido pelo INPC dos 12 meses anteriores somado ao crescimento da economia de dois anos antes.

Nas estimativas do Orçamento do ano que vem, o INPC de 2018 foi projetado em 4,20 por cento. Nos 12 meses até outubro, o indicador ficou em 4 por cento, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), inclusive, deverá decidir logo nos primeiros meses do ano como será a nova fórmula de cálculo do salário mínimo, que baliza o pagamento a servidores e aposentados, com forte relevância orçamentária. Isso deverá ser feito até 15 abril, quando deverá enviar ao Congresso o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.

(Por Marcela Ayres)

Feirão Limpa Nome da Serasa Experian dá descontos em contas em 2018

Feirão Limpa Nome da Serasa Experian dá descontos em contas em 2018

14/11/2018 às 02:12 em  Benefícios   por Redação

Feirão Limpa Nome da Serasa Experian dá descontos em contas em 2018. O Feirão Limpa Nome da Serasa Consumidor já está disponível na internet e, nesta edição, há descontos de até 95% para quem quer limpar o nome. Para ter acesso à negociação, basta acessar a plataforma serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online, até o dia 1º de dezembro. Após esta data, o feirão virtual vai continuar, mas o percentual de abatimento concedido será menor.

Quem quiser participar do feirão até 1º de dezembro terá condições especiais de pagamento, com prazos maiores de parcelamento, além do desconto. Após acessar o site, o interessado deve preencher um cadastro simples, criando uma senha.

Após fazer o registro do CPF, o consumidor poderá verificar que dívidas estão em aberto e saber por meio de que empresa seu nome foi incluído no cadastro de restrição ao crédito. Caso existam débitos, o consumidor verá a lista de propostas de acordo para liquidar as pendências. Em alguns casos, já haverá ofertas previamente estabelecidas pelas empresas participantes, com opção de emitir imediatamente o boleto bancário para quitação.

Haddad vai ser homenageado nesta quarta com medalha na Câmara de BH

Haddad vai ser homenageado nesta quarta com medalha na Câmara de BH

O ex-ministro, entretanto, não vai comparecer no evento

O dinheiro do povo será investido em saúde, educação, segurança e desenvolvimento.

Paulo Guedes já avisou que não destinará dinheiro público para o carnaval, a parada gay, a marcha da maconha, marcha para Jesus e etc.Cada evento que arrume patrocínio. O dinheiro do povo será investido em saúde, educação, segurança e desenvolvimento.

Campanha de Bolsonaro

Depois de Facebook e Twitter, agora foi a vez do WhatsApp afirmar que a campanha de Bolsonaro não contratou impulsionamento. Aquela fake news lançada na época da campanha vai ficando cada vez mais... fake News.

Tarifa do metrô de BH sobe de R$ 1,80 para R$ 3,40 a partir desta quarta-feira

Empréstimo consignado

31 98715 1515

Bandido é baleado e morto ao invadir casa de PM, em Venda Nova

Bandido é baleado e morto ao invadir casa de PM, em Venda Nova

Mulher do policial chegou a ser rendida pelo bandido

PUBLICADO EM 13/11/18 - 07h24

Carolina Caetano

Um criminoso de 22 anos foi baleado e morreu após invadir a casa de um policial militar, na madrugada desta terça-feira (13), na região de Venda Nova, em Belo Horizonte.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o policial de 42 anos contou que estava dormindo quando foi acordado pela mulher, que ouviu barulhos no telhado. Ela foi verificar o que era e acabou rendida na cozinha pelo criminoso.

O policial foi até o cômodo, deu ordem para que Jeferson Geovane Gertrudes se entregasse, mas não foi obedecido. Ainda de acordo com o militar,  o suspeito foi em direção a ele, que, para se defender, atirou. Jeferson morreu na hora.

Conforme a corporação, o policial entregou a arma, que estava com a documentação em dia. A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes 4 (Ceflan).

Hoje é dia do pagamento da primeira parcela do salário do funcionalismo público de Minas

PM apreende barras de maconha com adesivos de '#LulaLivre' em BH

PM apreende barras de maconha com adesivos de '#LulaLivre' em BH

Drogas, que seriam de quadrilhas da região do Barreiro, na capital, Contagem e Ibirité, foram encontradas dentro de uma casa

Algumas barras da droga estavam adesivadas

Material apreendido foi encaminhado à delegacia

PUBLICADO EM 11/11/18 - 10h09

CAROLINA CAETANO

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a encontrar 340 tabletes de maconha em uma casa do bairro Olhos D'água, região Oeste de Belo Horizonte, nesse sábado (10). Algumas das barras eram adesivadas com a descrição "#LulaLivre".

Durante patrulhamento em Contagem, na região metropolitana da capital, policias foram informados que uma residência na rua Dez, no Olhos D'água, estava servindo de depósito para armazenamento de drogas. Todo o material seria de quadrilhas do Barreiro, Contagem e Ibirité, também na Grande BH.

No endereço indicado, os militares fizeram contato com uma jovem de 21 anos, que se identificou como moradora. No quarto do imóvel, além dos tabletes, que estavam em caixas de papelão lacradas, a polícia localizou uma balança digital, microtubos usados para colocar cocaína, papel de seda para uso da maconha e um caderno com a contabilidade do tráfico. 

Questionada, a mulher alegou que desconhecia a existência do material na casa e afirmou que passa vários dias foram o imóvel. Ela indicou o nome um homem que também seria responsável pelo aluguel da residência, mas ele não foi localizado.

A jovem foi encaminhada à Central de Flagrantes 3 (Ceflan) para prestar esclarecimentos. 

Bolsonaro liga para o Teleton e fala com Silvio Santos.

https://youtu.be/W0OdmqTDma4

Campanha já supera 2 milhões de assinaturas contra aumento de salário do STF


A iniciativa foi feita pelo Partido Novo, que também peticionou o presidente Michel Temer contra o aumento

Estadão Conteúdo

Antes de xingar autoridade, saiba que bafão com desacato pode custar caro


Tem muita gente falando alto e dando "carteirada" , mas valor para se livrar do B.O pode chegar a R$ 1 mil para cada "espetáculo"

Thailla Torres

Pena é de 6 meses a dois anos de prisão, mas a galera paga mesmo é multa ou trabalho comunitário (Foto: Kísie Ainoã)Pena é de 6 meses a dois anos de prisão, mas a galera paga mesmo é multa ou trabalho comunitário (Foto: Kísie Ainoã)Clique na imagem para ampliar
“Vagabundo”, “idiota”, “bandido”, “seu merda”. Antes de sair xingando um policial por aí, depois da bebedeira, saiba que isso tem um custo. Em Campo Grande, o povo não cansa de dar bafão em delegacia, por exemplo. Há diversos casos de desacato e a história pode terminar em ficha suja na Justiça, prestação de serviço comunitário ou até pagamento de um salário mínimo como pena.
É comum nos fins de semana, na apuração jornalística sobre as ocorrências da madrugada encontrar um número maior de boletins que informam casos de desacato e resistência. Em diversas vezes, a polícia é o principal alvo de desacato. 

11 ladrões de banco que agiam no Nordeste são mortos em Alagoas

Há baianos entre os suspeitos mortos e o bando também agia na Bahia

Da Redaçãoredacao@correio24horas.com.br09.11.2018, 14:03:00Atualizado: 09.11.2018, 15:45:05
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)

PM atira contra homem em surto que atacou militares com facão


Polícia foi chamada pelo Samu para conter cidadão que estaria em ataque psicótico
Por Tribuna
09/11/2018 às 10h49- Atualizada 09/11/2018 às 11h37
1.4K16
Policiais militares atiraram contra um homem que estaria em surto psicótico e que havia atacado com facão três cabos da PM. O caso foi registrado na Zona Nordeste de Juiz de Fora, pouco antes de 1h desta sexta-feira (10). De acordo com informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada pelo Samu para dar apoio na contenção do suspeito, que já havia danificado toda a residência onde mora com a família. Chegando ao endereço, os militares se depararam com o homem, 31 anos, portando um facão com lâmina de 40 centímetros, “exaltado e agressivo”, que se negava a receber atendimento médico.

Não doe para o criança esperança. Doe para o TELETON

Boa sorte, @TeletonOficial! 👫👭👬❤ Estamos na torcida daqui!

Ligue:

0500 12345 05 para doar R$ 5,00
0500 12345 20 para doar R$ 20,00
0500 12345 40 para doar R$ 40,00

#Teleton2018

Estado pode pagar o 13º salário dos servidores apenas em 2019

Lucas Borges
lborges@hojeemdia.com.br
09/11/2018 - 15h40 - Atualizado 16h09
Lucas Borges / Hoje em Dia /
Odair Cunha afirmou que o governo busca receitas extraordinárias para pagar o 13º salário do funcionalismo

Em relação ao aumento abusivo de salário dos Ministros do STF, quem sabe o presidente Temer tome uma atitude de amor pelo Brasil “O VETO”... #VetaTemer

acampamento Lula Livre foi encerrado😂

O acampamento Lula Livre foi encerrado, de acordo com seus organizadores, “por cortes de gastos e por número reduzido de pessoas”. https://t.co/0YpCjnAizb

Pimentel aumentou o número de conselheiros do IPSM de 16 para 540

*Escândalo em Minas*

Segundo o governador eleito, Romeu Zema, só no Instituto de Previdência dos Servidores de Minas Gerais (IPSEMG), Pimentel aumentou o número de conselheiros de 16 para 540, todos do PT, do Brasil inteiro, pessoas desqualificadas na área, que nunca trabalharam com saúde ou previdência, mas que foram acolhidas no “armário de empregos” montado pelo devasso Fernando Pimentel (PT). Veja mais em https://goo.gl/2BBK1P

A primeira parcela do salário dos servidores públicos estaduais de Minas

Será paga dia 13 de NOVEMBRO

Dr. Rey vai a casa de Bolsonaro Pedir para ser Ministro da saúde

 9 de novembro de 2018
O Antagonista

O cirurgião plástico Dr. Robert Rey chegou há pouco à casa de Jair Bolsonaro, na Barra da Tijuca. Ele disse a jornalistas que vai pedir para ser ministro da Saúde. Não é piada.">

Temer decidirá sobre veto de reajuste de salários dos ministros do STF em até 15 dias.

'Capitãs' deputadas podem mudar bancada da bala, sugerem especialistas


'Capitãs' deputadas podem mudar bancada da bala, sugerem especialistas
kátia sastreImagem: Mauricio Sumiya/Futura Press/Folhapress
Marcos Candido
Da Universa

Reajuste nos salários dos ministros do STF: R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Reajuste nos salários dos ministros do STF: R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Reajuste no salário mínimo do trabalhador: de R$ 937,00 para R$ 954,00.

E com essa miséria você terá que tirar a maior parte (IMPOSTOS) para sustentar a máquina pública,incluindo os salários de ministros.

BOLSONARO AVISA VAI TER TORTURA SIM:


UNE- vai ter que estudar;
CUT- vai ter que trabalhar;
MST- vai ter que plantar.

Deputado Sargento Fahur:

"1) Tenho visto pessoas a favor e contra a lei de se abater bandido que estiver portando fuzil. Tem que abater mesmo, pois quem não quer ser abatido não porta essa porra dessa arma de guerra ilegalmente."

Vice-governador de Minas é preso pela PF em operação de desdobramento da Lava Jato

Requião provoca Moro e propõe 'Lei Onyx' para perdoar crimes eleitorais

Além de ROUBAR o povo, é só isso que a esquerdalha sabe fazer, usar a a estrutura estatal para fazer "provocações". Ainda bem que o povo do Paraná deu o recado para o velho comedor de mamona.

Lindbergh acha mais escandaloso ter Moro no Ministério da Justiça do que receber ordens de um presidiário engaiolado por corrupção

Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco


Medida servirá para os pagamentos de todos os valores e estima-se que vai afetar quatro bilhões de documentos por ano


postado em 08/11/2018 17:10 / atualizado em 08/11/2018 18:05
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Em crise, prefeituras não garantem o pagamento de salário dos servidores Cerca de 90% das cidades mineiras devem ficar sem o pagamento do 13° neste ano, alega a Associação Mineira de Municípios

“Policiais são responsáveis pelo aumento de fuzis nas mãos dos traficantes”, diz “especialista”


 
    
“Policiais são responsáveis pelo aumento de fuzis nas mãos dos traficantes”, diz “especialista”
É assustador o número de “especialistas” em segurança que surgem na grande mídia brasileira. A maior parte deles nunca entrou numa favela, nunca teve que se abrigar durante um tiroteio e sequer colocou as mãos em uma arma de fogo.

PMMG divulga edital de concurso público com 30 vagas para oficiais de saúde



A Polícia Militar de Minas Gerais está com um Concurso Público em aberto para 30 vagas para os oficiais de saúde. Esse concurso é para aqueles que desejam vagas para a categoria médico e psicólogo. Saiba mais informações sobre esse concurso em aberto!

A Polícia Militar de Minas Gerais está com um Concurso Público em aberto para 30 vagas para os oficiais de saúde. Esse concurso é para aqueles

EDITAL da Polícia Civil 2018: concurso para nível fundamental nos próximos dias! Até R$4.743,12

EDITAL da Polícia Civil 2018: concurso para nível fundamental nos próximos dias! Até R$4.743,12

Escala de pagamento funcionalismo público MG

13 e 28 de novembro

Falsa nota da Associação Dos Oficiais de MG

https://youtu.be/znObjHdBkBI

Quem mandou matar Bolsonaro? O “Sanatório Brasil” e a pressa em transformar Adelio em “louco”





Aécio, Anastasia e Perrela votaram a favor do aumento do salário dos ministros do STF


Por Redação , 08/11/2018 às 07:19 
atualizado em: 08/11/2018 às 09:50
TEXTO: 
 
Foto: Montagem com fotos de Lula Marques e Agência Senado
Montagem com fotos de Lula Marques e Agência Senado
Representantes de Minas Gerais no Senado, Aécio Neves (PSDB-MG), Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Zezé Perrela (MDB-MG) votaram, nessa quarta-feira (7), a favor do aumento de 16% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).  Foram 41 votos a favor, 16 contra e uma abstenção. Com o reajuste, os subsídios dos magistrados passarão de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. 
Segundo estimativa da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle do Senado, formalizada em nota técnica divulgada quarta-feira (8), o impacto do aumento será de pelo menos R$ 5,3 bilhões anuais no orçamento da União, levando-se em conta o “efeito cascata”. Já de consultorias da Câmara apontam que o reajuste poderá causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas.
Veja como cada senador votou:
A FAVOR DO AUMENTO
Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PR)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalírio Beber (PSDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Fernando Coelho Bezerra (MDB-PE)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Hélio José (Pros-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Amauri (Podemos-PI)
José Medeiros (Podemos-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Rocha (PT-PA)
Raimundo Lira (PSD-PB)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Roberto Rocha (PSDB-MA)
Romero Jucá (MDB-RR)
Rose de Freitas (Podemos-ES)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Telmário Mota (PTB-RR)
Valdir Raupp (MDB-TO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Walter Pinheiro (sem partido-BA)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Zezé Perrela (MDB-MG)

CONTRA O AUMENTO
Airton Sandoval (MDB-SP)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Givago Tenório (PP-AL)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Sousa (PT-PI)
Reguffe (sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Wilder Morais (DEM-GO)
ABSTENÇÃO
José Maranhão (MDB-PB)

PRF realiza leilão de carros e materiais; veja como participar


Rosiane Cunha
rmcunha@hojeemdia.com.br
07/11/2018 - 19h16 - Atualizado 20h44
O leilão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está marcado para o dia 19 de novembro
O leilão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está marcado para o dia 19 de novembro
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está com edital de leilão aberto para a venda de veículos oficiais e outros materiais do patrimônio da Superintendência Regional de Minas Gerais. A sessão pública vai ser realizada no dia 19 de novembro, às 10h.
O leilão será on-line e presencial simultaneamente. A etapa presencial será realizada na Via Municipal V,  800, Bairro São Sebastião I, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Já a sessão on-line vai ser realizada no site www.palaciodosleiloes.com.br
A visita dos bens a serem leiloados pode ser feita nos dias 12, 13 e 14 de novembro, das 9h às 17h, no mesmo local do leilão.
O edital completo pode ser acessado por meio do link da PRF.

Minas pede socorro: Zema se encontrará com Bolsonaro para tentar repactuar dívida do Estado

Minas 

Lucas Borges
lborges@hojeemdia.com.br
08/11/2018 - 07h00 - Atualizado 09h04
Romeu Zema: “Uma repactuação desses juros, desse valor e do prazo da dívida, acaba viabilizando as finanças, que hoje estão praticamente inviáveis”
Romeu Zema: “Uma repactuação desses juros, desse valor e do prazo da dívida, acaba viabilizando as finanças, que hoje estão praticamente inviáveis”
A dívida que beira os R$ 90 bilhões junto à União leva o futuro governador mineiro a pedir socorro ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para tentar amenizar a grave crise econômica que o Estado enfrenta. No encontro que deve acontecer dias 20 ou 21, em Brasília, Romeu Zema (Novo) tratará da repactuação, com melhores condições e prazos mais alongados para a quitação do débito.
“É essencial essa renegociação, porque hoje é uma dívida que está beirando os R$ 90 bilhões, e o pagamento de juros onera muito o Estado. Uma repactuação desses juros, desse valor e do prazo da dívida, acaba viabilizando as finanças, que hoje estão praticamente inviáveis”, afirmou o governador eleito, após participar ontem de encontro com empresários em Nova Lima, na Grande BH.
Para garantir uma boa renegociação da dívida de Minas, Zema contará com o auxílio do ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco, que descartou assumir a Secretaria da Fazenda, mas será consultor econômico do governador eleito, o que permitirá a interlocução com o Palácio do Planalto. 
“Esse assunto da renegociação da dívida já vem sendo tratado, porque não é diretamente com ele (Bolsonaro), é com técnicos do Ministério da Fazenda. O próprio Gustavo Franco, junto com a equipe dele, já vem tratando desse assunto, entrando em detalhes sobre o que o Minas teria que fazer para poder ter a dívida renegociada”, conta Zema.

Transição 
Com o decreto que institui a comissão de transição no[/TEXTO] governo estadual, publicado ontem no “Minas Gerais”, a primeira reunião do grupo será realizada amanhã, na Cidade Administrativa, onde a equipe de Zema ficará instalada no 13º andar do prédio Gerais.
O encontro das equipes da atual e da nova gestão seria realizado hoje, mas foi remarcado a pedido do governador Fernando Pimentel para que os secretários Marco Antonio Rezende (Casa Civil), Helvécio Magalhães (Planejamento) e Odair Cunha (Governo) pudessem participar da reunião.
“Houve uma certa demora por parte do atual governo em nomear e aceitar a equipe, mas já está tudo fluindo, o pessoal já está trabalhando. Lembrando que essa equipe é provisória, inicial, que vai ser ampliada com o tempo. Nós estamos recebendo muitos currículos de muita gente interessada, inclusive, boa parte querendo trabalhar voluntariamente, não só na fase de transição, mas também no início do nosso governo”, disse Zema. 

Equipe
Para a coordenação da transição de governo foi indicado o vereador Mateus Simões (Novo), que atuou como assessor durante a campanha de Romeu Zema rumo ao Palácio da Liberdade. 
À frente da área econômica estará o economista Victor Cezarini, que foi candidato a deputado federal pelo Novo. Ele é ex-analista de crédito nos bancos de investimento Brasil Plural e BI&P.
Também compõem a equipe de Zema a advogada Luciana Lopes, formada em Direito pela UFMG e em Administração Pública pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro, que também foi candidata a deputada federal, o empresário Victor Garizo Becho, especializado em gestão de empresas, e o engenheiro Rodrigo Paiva, candidato derrotado do Novo ao Senado.

FERIADO E PONTO FACULTATIVO: 15 E 16/11

Comunicado publicado, no Diário Ofical do Estado, dia 08 de novembro de 2018: Por determinação do Governador, o ponto será facultativo nas...