CLIQUE NA IMAGEM

FALE COM A RENATA PIMENTA - CLIQUE AQUI

FALE COM A RENATA PIMENTA - CLIQUE AQUI
Envie sugestões, reclamações, denúncias

Clica e siga no Facebook








"Temos um ciclo de ódio na PM (o curso superior maltrata o inferior, as coordenações esculacha os discentes e assim inicia-se a vida na PM). Tudo é legal, coisa de polícia, até você virar veterano, voltar e ver o fruto desse treinamento. Somos moldados no terror e assim retribuímos.
 Quando estamos na ativa somos, na maioria das vezes maltratados, ai quando vai pra reserva acha que foi para Nárnia. Nada mudou. Muitas vezes, o próprio veterano era o terror, vai pra reserva e acha que virou santo, que a história dele foi apagada. Fora isso, conheço militares que odeia certa graduação pq foi humilhando por um e ficou com o sentimento de raiva.
Enfim, enquanto a polícia não mudar de dentro pra fora, veterano ou qualquer um correrá o risco de ser maltratado ou ser tratado apenas como manda o regulamento, sem muita cordialidade (é a forma que somos doutrinados desde a entrada na PM). Você não acha que o tratamento dentro da PM deveria mudar? Ser educado e tratar bem os pares, subordinados, e superiores na ativa não torna mais ou menos policiais. Temos que ser técnicos e não cães de briga. Esta na hora de acabar com esse treinamento de exército, o cidadão não é inimigo. Atualmente somos treinados para odiar seja lá quem for. Daí a falta de tato em tratar o veteranos é só reflexo do nosso dia a dia dentro da PM.
São verdades difíceis de ler. Terá aqueles que vão entender. Mas, vc vai ver que terá que falará: "veio porque quis".A maioria sabe que é verdade. Está na hora de acabar com essa hipocrisia. Confundem hierarquia e disciplina com ralação. Curso bom é aquele que frustrou, que fez o polícia sofre, chorar, pedir baixa... Mas, como será o policial que foi formado? Esse cara tem raiva até da sombra. Sai feito Pitbull. Ótimo pra subir morro, pegar bandido. Mas, não vai te tratar bem na blitz, não vai conversar direito com vc se pedir informações, se bobear vai é te mandar sair andando. Esse policial está errado? Não. Foi treinado assim. 

⛔IPVA 2020 MG⛔ Suspensao da exigencia do CRLV 2020 enquanto perdurar a situação de Covid.


Em atualização*

✅Atualizado 04/07

Possíveis candidatos a vereador em

✅Belo Horizonte.

1. Sgt Bahia - ASPRA
2. Sgt Salu
3. Stg Valter CUME
4. Cap. Leopoldo
5. Cel. Gedir
6 sgt Vilmo
7 sgt cabo Wilson
8 sgt Nirlando
9 Cel Cirilo AOPM
10 Cel Picinini
11 sgt Dalmo
12 cb Xavier PDS
13 Cel Sinil
14 sgt Willian
15 sgt Patrick ex ASPRA
16 sgt Augusto BM
17 cb Cadeado
18 sub. Cristina
19 sgt Mendonça
20 Cabo Alexsander Dias
Cabo Dimitri
Sgt/cabo Venâncio

Outros prefeitos

✅Cb Zanola são João del rey
Cel  Marinho ✅Teófilo Otoni
Cel Lacerda ✅Valadares

✅Betim

Sgt Erlei vereador
Cb Berg Diniz vereador
Cap Ramiro
Cb Germano
SGT Jaques
SGT Neto
Cb Sara
Sgt Ariane
Ten Fábio BM

✅Igarapé

Sgt Luizinho vereador
Sgt Gomes Dias
Sgt Tulio
Tenente sander  prefeito

✅Juiz de fora
Sgt Melo vereador
Cb Clenis  vereador

✅Neves

Sgt Aragão
Sgt Samuel
 Cabo Robinho
Cel Bianchini
Cabo Washington modesto
 Prefeito

✅Contagem

Sgt Gladstone BM
Cal Fonte vereador
Sgt Matias
Sgt Marcos Tulio
Cabo Gilson
Cel Carvalhaes
Cel Costa
Cel Fiuza prefeito

✅Mario Campos

Sgt Wilson
Coronel Freitas   prefeito.

✅Manhumirim/MG:
 TenCel Rogério  prefeito.

✅Esmeraldas

 Cabo Dawid Dias  Prefeito.

✅Formiga
Cel Laércio

✅Carangola

Vereador
Sgt Rodrigo G. Batista

✅Passos

Sgt Sandra

✅Itaobim

Sgt Abraão prefeito

✅Lavras

Sgt Gaspar

✅Eugenopolis
Ten Wander candidato vereador

✅Ibirité

 vereador
Sgt Adriane
Cb Erick

✅Nanuque
Sgt Frank

✅Juatuba

Cabo Alexandre Avelar

✅Águas Vermelhas
STF Nixon Prefeito

✅Carlos Chagas

Sgt Meira

✅ Timóteo
Sgt Nilson Batista prefeito

✅Divinópolis
Sgt Dimas

Participação apoio dos militares da  banda 5 RPM Uberaba na realização do pedido da família nosso já saudoso veterano Sgt Vicente.
🌶Familiares do Sgt Vicente entraram em contato comigo, para pedir que Militares e viaturas comparecessem ao velório do Veterano. De pronto entrei em contato com o Porta voz da PMMG Major Santiago e com o Comandante Geral Cel Rodrigo. Que atenderam o último pedido do militar. Deus abençoe todos vocês.

Golpe contra veteranos

🌶 Já venho avisando sobre esse golpe a tempos. Eu mesma liguei para esse número ontem.

021104JUL20-QUI

ESTELIONATO CONSUMADO CONTRA VETERANO

REDS: 2020-031649583-001

A equipe policial fez contato com o militar da reserva Cb PM E. A. O., 79 anos, o qual relatou que no dia 29/06/2020 recebeu uma ligação telefônica do n° 61 98653330. O interlocutor se identificou como “Dr. Guilherme" e informou que o militar teria direito a receber da antiga CB (Caixa Beneficente) o valor de R$58.980,02 devido a ação coletiva promovida no Poder Judiciário. 

"Dr. Guilherme”, após informar a respeito da quantia, falou que o militar deveria ligar para o IPSM através do número 0800 970 0368 e falar com o "Cel Luis Gomes". O veterano então ligou e conversou com o suposto coronel, o qual passou o número do seu benefício e informou que a vítima precisaria depositar a quantia de R$2.998,00 para cobrir as custas do processo. Esse depósito foi realizado no Banco do Brasil, dia 29/06/2020, tendo como beneficiária Samara Fagundes Roza. 

No dia 30/06/2020 o militar recebeu outra ligação do “Cel Luis Gomes” informando que o valor que ele teria direito a receber teria passado para R$208.702,10 e que para dar continuidade ao processo, teria que fazer uma transferência bancaria no valor de R$10.296,00 para conta no Banco do Brasil, cujo beneficiário seria Jeferson Rodrigues de Jesus. 

Após fazer a transferência o militar recebeu outra ligação do n° 61 98653330, onde o interlocutor se identificou como Argeu Dias, gerente do Banco Interamericano de Brasília, e solicitou mais dois depósitos referentes às custas do processo no valor de R$10.430,00 cada, ou seja, R$20.860,00. Então o militar fez uma nova transferência para a conta de Samara Fagundes Roza e outra para Jeferson Rodrigues Jesus, no valor de R$10.430,00 cada. 

Hoje pela manhã a filha do veterano tomou ciência dos fatos e acionou a guarnição. No total foi transferida a quantia de R$34.150,00. A vítima foi orientada a comparecer à Delegacia de Policia Civil para as demais providências. 

Fonte: SOF/107ª Cia.

Hoje, 03 de julho de 2020, eu e minha turma, os 120mil, completamos 25 anos de ingresso na Gloriosa Instituição que tanto amo, admiro e me orgulho, Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. Digo que: ”Ebenezer; até aqui nos ajudou o Senhor. ” 1Samuel 7:12 A palavra que está na ordem do dia é GRATIDÃO por tudo, pelos livramentos nos embates provenientes do ofício, pelo sofrimento que me fez crescer e tornar me um ser humano melhor e mais humilde, pelas conquistas, pelas alegrias e ensinamentos compartilhados com minha família, meus irmãos de farda, servidores civis da PMMG e CTPM, e o público externo em geral, enfim, por tudo que me tornei ao longo desses 25 anos. Parabéns para nós 120, pelos nossos 25 anos de ingresso na PMMG. Que continuemos assim, unidos, ligados por um sentimento de fraternidade que é a nossa marca. #OBRIGADA FAMÍLIA REIS, MINHA BASE.















Heróis existem ! Eles não tem Super poderes , não voam , não tem super força. Heróis existem. Eles são de carne e osso como eu e você . Heróis existem, eles sangram,sentem medo, choram , mais se arriscam pra salvar as vidas que nem conhecem , mais juraram salvar! Heróis existem e aqui na terra a gente chama eles de BOMBEIROS MILITAR Parabens aos nobres companheiros do corpo de Bombeiro MILITAR voces sao orgulho da classe das forças de SEGURANÇA .. LUCIANO CONRADO _ SGT PM _ Minas Gerais


Golpe contra Militares e Veteranos. Não caia nessa. Não tem atrasado nenhum pra receber. Já conversei com Sgt Bahia da Aspra.


Faleceu nesta madrugada o veterano da cavalaria Sgt Luiz Carlos Basílio Santana, estava acometido de um câncer no fígado e não resistiu, Deus o levou, descanse em Paz Guerreiro, tirou 30 anos de cavalaria no antigo Ppm.3 região da Pampulha. Deus conforte os corações dos familiares.


Notícias do dia



Reza vagabundo, a ROTAM CHEGOU



O Presidente do Sinfazfisco-MG, Hugo René, gravou dia 01 de julho, um vídeo para comentar sobre o tesouro do estado e da Folha de Pagamento dos Servidores Públicos.


















Será que vai ser preciso queima de fogos na 190 Cia/38BPM Tiradentes como aconteceu em Passos?😬🌶


Vamos permanecer  nesta corrente de oração em prol da nossa saúde e de todos  os necessitados, principalmente  os nossos  irmãos CAP Ivanir, Ten Passos, Sgt MATHIAS, Sgt Batista  e Sgt Wagner  guerreiros  na luta contra  a Covid19  . Senhor  meu Deus ilumine  nossos amigos  , familiares  e todos os seus  filhos.
Amém...

Fotos: Fabio Herbert

MP pede suspensão de aumento no adicional de militares O reajuste começa nesta quarta-feira (1º) e tem impacto previsto de R$ 1,3 bilhão neste ano; procurador considera medida ilegal



MP pede suspensão de aumento no adicional de militares

O reajuste começa nesta quarta-feira (1º) e tem impacto previsto de R$ 1,3 bilhão neste ano; procurador considera medida ilegal


  • por Agência Estado
     


Adicional foi aprovado por Bolsonaro em 2019

Adicional foi aprovado por Bolsonaro em 2019

Reprodução
O subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), entrou com uma representação na corte de contas para suspender o aumento na remuneração de militares. O reajuste começa nesta quarta-feira (1º) e tem impacto previsto de R$ 1,3 bilhão neste ano, como revelou o Estadão.
O procurador considerou o reajuste "ilegal", por causa da lei, aprovada em maio, que congelou aumentos em todo o funcionalismo público até o fim de 2021, como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Para Furtado, a lei "colide frontalmente" com o "agrado" aos militares, apesar de prever exceção para casos autorizados antes da pandemia ou determinados pela Justiça.
"É difícil crer que no momento atual, quando se acumulam crises sanitária, econômica e fiscal em face dos grandes esforços exigidos de todos para o enfrentamento da pandemia decorrente da covid-19, o governo adote medida que virá a exigir ainda mais recursos da sociedade, já sobrecarregada por problemas que se acumulam nos campos da saúde e econômico, do convívio social, do emprego e da renda", escreveu o subprocurador.
O reajuste às Forças Armadas impacta um penduricalho chamado de "adicional de habilitação" e foi aprovado na reforma dos militares, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em 2019.
Esse adicional é pago para quem conclui cursos durante a progressão na carreira e incide sobre o salário base dos militares, aumentado a remuneração final. Ele não era alterado desde 2001, quando foi instituído, em substituição a uma gratificação similar existente até então.
Na prática, os militares conseguem complementar o salário por meio desse "adicional", que varia de acordo com a categoria de curso concluído: formação (12%), especialização (19%), aperfeiçoamento (27%), altos estudos II (37%) e altos estudos I (42%). Esses percentuais passaram a valer nesta quarta-feira.
Até 2023, a maior faixa, de altos estudos I, atingirá 73%, como proposto pelo governo Bolsonaro. Ela beneficia principalmente o oficialato de Aeronáutica, Exército e Marinha, motivo de pressões internas na caserna.
O acúmulo de penduricalhos como o "adicional de habilitação" faz com que o salário de um oficial general de quatro estrelas, topo hierárquico as três forças, salte de R$ 13,4 mil (soldo) para quase R$ 30 mil, podendo ser superior, a depender das especificidades da carreira de cada militar, como local de trabalho.
Furtado pede que, até que o plenário do TCU se manifeste ou enquanto durar a pandemia da covid-19, o governo seja obrigado cautelarmente a se abster de pagar o reajuste em remuneração de qualquer espécie aos integrantes das Forças Armadas.
Ele afirmou que a manutenção do pagamento a mais, "constrange a sociedade brasileira" e que seria justificado pela "proximidade e simpatia" do presidente Jair Bolsonaro com as Forças Armadas, já que é capitão da reserva do Exército.
"A medida, que já pareceria inconveniente em tempos normais - dada a elevada remuneração da classe militar, além de outros benefícios que seus integrantes recebem -, se mostra agora, diante do cenário econômico catastrófico que se avizinha - com sinalização de queda vertiginosa do Produto Interno Bruto brasileiro - inteiramente inoportuna e indecorosa e até, porque não dizer, de monstruosa indiferença com a população - como quem pergunta e daí diante das tragédias alheias -, sobretudo com as pessoas mais pobres, que serão chamadas a pagar a conta exatamente no momento em que, possivelmente, enfrentam as maiores dificuldades, incertezas e angústias de suas vidas", afirma Furtado.